SALMOS MARIANOS

SALMOS MARIANOS
O Fundador extraiu os doze Salmos Marianos do Saltério mariano de São Boaventura (1217-1274) composto por 150 salmos a louvor de Nossa Senhora. O Santo Doutor, com efeito, a pedido de algumas de suas filhas espirituais, os havia composto inspirando-se nos 150 Salmos de Davi. O Fundador escolheu doze desses salmos e os enriqueceu “com sacras Antífonas escriturais e com o Responsório da Imaculada Conceição”. (cfr. Marcucci, Os doze privilégios gozados pela Grande Mãe de Deus Maria sempre Virgem na sua Imaculada Conceição, Áscoli Piceno 1745, págs. 163-164). A devota recitação dos Salmos Marianos serve para demonstrar à Maria Santíssima o nosso amor por ela.

Antífona (cf. Cântico dos Cânticos 2, 2)
Como um lírio entre os espinhos, assim é a minha amiga entre as filhas de Adão.

Salmo 11
Salvai-me, ó Maria, Mãe do belo amor,
Fonte de clemência, doçura de piedade.
Vós percorreis toda a terra,
Para oferecer ajuda àqueles que vos invocam.
Belos são os vossos caminhos, são de paz as vossas veredas.
Em Vós brilha a beleza da castidade;
o lume da justiça e o esplendor da verdade.
Circundada de luz solar como uma veste,
uma coroa de doze estrelas radiantes
refulge ao redor de vossa cabeça.
Glória ao Pai...


II
Ant. (cfr. Eclesiastes 1, 8-9)
O próprio Altíssimo Criador onipotente a criou no Espírito Santo.

Salmo 113
Quando a minh’alma sairá deste mundo,
Ide ao seu encontro, ó Senhora, e tomai-a convosco.
Consolai-a com o vosso santo rosto:
Que a visão do demônio não a perturbe.
Para ela sede a escada para o Reino dos Céus
E caminho reto para a morada de Deus.
Impetrai-lhe do Pai o perdão de paz
e a sede de luz entre os servos de Deus.
Defendei os vossos devotos no tribunal de Cristo,
e tomai em vossas mãos a sua causa.
Glória ao Pai...


III
Ant. (cfr. Sabedoria 7, 25-26)
Nada de impuro se encontrou nela: ela é cândida luz e espelho sem mancha.

Salmo 126
Se Vós, ó Senhora, não construís a casa de nosso coração,
não permanecerá em pé o vosso edifício.
Edificai-nos, ó Maria, com a vossa graça e com a vossa virtude
para que sejamos salvos para sempre.
Bendito seja o vosso falar:
e benditas sejam todas as palavras de vossa boca.
Abençoados sejam por Deus aqueles que vos bendizem,
e sejam contados entre o número dos justos.
Abençoai, Virgem Maria, aqueles que vos bendizem,
e nunca desviai deles o vosso rosto de Mãe
da divina graça.
Glória ao Pai...

IV
Ant. (cfr. Cântico dos Cânticos 1, 16)
Como és bela, ó minha amiga, como és bela.

Salmo 67
Surgi Maria e sejam dispersos os vossos inimigos,
sejam todos triturados sob os vossos pés.
Dispersais o ímpeto de nossos inimigos,
destruís todas as suas iniqüidades.
A Vós, ó Senhora, elevei a voz na angústia,
e Vós destes paz a minha consciência.
Não se apague o vosso louvor em nossa boca,
nem o vosso amor em nosso coração.
Grande paz, ó Senhora, gozarão aqueles que vos amam,
a alma destes nunca verá a morte.
Glória ao Pai...

V
Ant. (cfr. Cântico dos Cânticos 6-8)
Uma só é a minha pomba, a minha perfeita.

Salmo 94
Vinde, façamos festa para Nossa Senhora,
jubilemo-nos na presença de Maria, nossa Rainha,
que traz salvação.
Antecipemos com júbilo a sua aparição.
e juntos louvemo-la com cânticos.
Vinde, veneremos e prostremo-nos aos seus pés:
confessemos com gemidos nossos pecados a nossa Mãe.
Rogai a nós o pleno perdão:
Sede nossa advogada no tribunal de Deus.
Recebei ao final de nossa vida, as nossas almas,
e introduzi-as na paz eterna.
Glória ao Pai...

VI
Ant. (cfr. Cântico dos Cânticos 8, 3)
A tua esquerda estará sob a minha cabeça e a tua direita me abraçará.

Salmo 112
Louvai, pequeninos, Maria Mãe de Deus;
Glorificai, ó anciãos, o seu nome.
Seja bendita Maria, Mãe de Jesus Cristo;
Pois ela é para nós caminho de santidade.
Alto é o seu trono, bem acima dos querubins,
e seu assento descansa sobre os fundamentos do Céu.
Para os humildes dirige o seu rosto,
e o seu socorro chega até os confins da terra.
Glória ao Pai...

VII
Ant. (cfr. /Ester 15, 22)
Esta Lei foi estabelecida para todos, mas não para ti.

Salmo 116
Nações todas, louvai à Maria Nossa Senhora:
Vós todos, ó povos, glorificai-a.
Pois a sua graça e sua misericórdia foram confiadas a nós,
E a sua verdade dura eternamente.
Quem dignamente a terá honrado será justificado;
Quem, ao invés, a tenha desprezado morrerá no pecado.
Os lábios dos anjos narrarão a sabedoria de Maria,
E todos os cidadãos do céu cantarão os seus louvores.
Aqueles que a Ela recorrerão hão de encontrar bens espirituais:
Não serão tocados pelo Anjo exterminador.
Glória ao Pai...

VIII
Ant. (cfr. Cântico dos Cânticos 4, 7)
Tu és formosa, ó minha amiga, e em ti não há mácula.

Salmo 27
A vós, ó Senhora, elevarei os meus gritos e vós me atendereis,
hei de alegrar-me ao canto de vossos louvores.
Tende piedade de mim no dia da angústia:
Libertai-me desse dia com o esplendor de vossa verdade.
Bendita sejais, ó Senhora Virgem Maria,
em todos os lugares da terra.
O santuário que vossas mãos fundaram,
e o templo santo de vosso corpo.
O vosso coração é puro e imaculado,
sede da bondade e habitação santa de Deus.
Glória ao Pai...

IX
Ant. (cfr. Salmo 88, 38)
És como a lua, perfeita para sempre.

Salmo 44
Louvai, ó minha alma, a vossa Senhora:
A glorificarei enquanto viver.
Não cesseis de louvá-la,
e em todo momento pensai sempre Nela.
Quando minha alma partir de mim,
seja a vós encomendada, ó Virgem Maria,
que possais ser a sua guia na outra vida.
Não a perturbe a lembrança das culpas cometidas,
E que não a inquiete a visão do maligno.
Conduzi-a ao porto da salvação:
aí segura esperará a vinda do Redentor.
Glória ao Pai...

X
Ant. (cfr. Cântico dos Cânticos 5, 2)
Pomba minha, amada minha, imaculada minha.
Salmo 77
Observai, ó filhos de Deus, os divinos preceitos,
E não esqueçais a Mãe da graça.
Inclinai o coração para meditar sobre Ela:
Abri os lábios para cantar os seus louvores.
Desça o seu amor em vossos corações:
E procurai sempre agradá-la.
A sua beleza é superior ao sol e à lua:
A sua modéstia é ornamento da virtude.
Piedade de mim, ó Rainha de glória e de honra:
de todo perigo guardai minha mente.
Glória ao Pai...

XI
Ant. (cfr. Lucas 1, 4)
Bendita entre as mulheres

Salmo 118
Felizes aqueles que vivem puros:
Que imitam Maria, Mãe do Senhor.
Felizes os que participam de seu amor.
Felizes aqueles que meditam as suas virtudes,
felizes os que a imitam.
Felizes aqueles que veneram a sua Conceição
e o seu parto virginal.
Felizes aqueles que a servem devotamente.
Felizes os que nela põe toda esperança.
Felizes aqueles que por meio dela recebem a eterna felicidade.
Glória ao Pai...

XII
Ant. (cfr. Salmo 131, 13)
Escolheu o Senhor a Sião; a escolheu para sua habitação.

Salmo 132
Como é bom e quão alegre,
amar, ó Maria, o vosso nome.
Como ungüento derramado e aromático
é o vosso nome para aqueles que vos amam.
Pois grande é a abundância da doçura,
Que vós preparastes,para aqueles que vos amam e esperam em vós.
Sede o refúgio do pobre durante a provação,
Pois vós sois o amparo dos pobres e dos míseros.
Encontrem, vos peço, graça junto à Deus aqueles,
Ó Maria, que vos invocarão em suas necessidades.
Glória ao Pai...