Amigos de Marcucci

Estejam Alegres!



Maria seja a vossa Alegria!


À virtude da alegria une-se o encanto de um rosto sereno e jovial, capaz de enamorar o coração de quem dele se aproxima. Deus mesmo exorta os seus servos a “viver com alegria”, mas com uma alegria, nos diz Marcucci, que é ao mesmo tempo “composta, santa, benígna e caridosa, e não alterada ou ridícula.”



[1] MARCUCCI F. A., La vita comune, Ascoli Piceno 1740, ASC 5, 58.
[2] MARCUCCI F. A., La vita comune, Ascoli Piceno 1740, ASC 5, 59.


AMIGOS DE MARCUCCI A TÔNICA É MARIA

Á luz da reflexão sobre o encontro dos Amigos de Marcucci, o grupo da cidade de Barra do Garças se viu envolvido pelo espírito da grande temática do “Caminhar de Maria” desde o momento, em que foi aceita a proposta e os desafios de ir até a grande São Paulo. Primeiro se fez necessário conciliar os compromissos do dia a dia e manter a fé e a perseverança de que se faria presente, mesmo com os adventos que se deram antes e no momento da viagem. Mas, o grupo estava fortalecido e mesmo nos momentos em que o trajeto ficou complicado, todos foram tocados pela compreensão, solidariedade, comungando da fé e da certeza que tudo daria certo e que chegariam em paz. Apesar da tensão vivenciada pelo grupo, tudo se esvaiu na chegada, ao deparar com o sorriso e o carinho das irmãs que os aguardavam, das boas vindas de uma comunidade extremamente acolhedora.
 Melhor mesmo, foi partilhar no dia seguinte do grande encontro com todos os participantes e comunidade, denominado “Caminhar de Maria”, onde todos foram coroados, com um belíssimo café da manhã seguidos de uma reflexão contagiante, proferida pelo carismático padre Paulo Mendes. Reflexão esta, que interagiu com os participantes, seja na fala, nos cânticos, nas dinâmicas, brincadeiras, lanche ou almoço. O que importa mesmo, é que todos estavam tomados e sedentos das palavras, da alegria, principalmente do colo de mãe que se fez presente todo o tempo.
No meio da tarde, quando o grupo do Paraná partiu rumo a cidade de Aparecida, o de Barra do Garças aproveitou para sentir melhor a comunidade que tão bem os acolheu, participando da missa, conhecendo lugares, festiva, conversando e recebendo “lição” de pessoas simples, porém grandiosas em suas ações.
 Realmente, não há o que negar tudo foi uma preparação para estar na casa da “MÃE”. Sim, porque exatamente no outro dia, o grupo de Barra do Garças também se dirigiu para a cidade de Aparecida, reencontrando com os demais Amigos do Marcucci e desfrutando do aconchego da casa, e dos ensinamentos da “MÃE”.
 Estar em Aparecida e ainda comungar de sentimentos, ações, agradecimentos é algo indescritível, uma experiência única, tudo respira a fé, dando a certeza de que a fé remove montanhas, que nós podemos desistir de Deus, mas Ele nunca desiste de nós. Pelo menos, para o grupo de Barra do Garças essa foi a tônica, o pensar e repensar as ações com base no caminhar de Maria e no Cristo Jesus.
    Geracilia- Barra do Garças - MT